segunda-feira, 25 de julho de 2011

Egocentria saudável

(Primavera no Lago Wanaka, Nova Zelândia)


Quem somos nós perante o universo que me cerca?!
Algo?!

Quem sou eu perante o universo que eu crio?!
Nada?!

Mais um perdido?! Não... Não há mais tempo para isso!
 

            Não posso diluir nossa paciência com o que não nos dá espaço.
            Quero um cheiro gostoso de mato, frutas coloridas deitadas, repousando sobre um lençol defronte o Lago de Minha Vida. As flores, que antes sequer via, hoje ornamentam minhas tardes e se comportam como se quisessem me dizer e dar o verdadeiro carpe diem. As danças que o vento dessa minha tarde executa me mostram que tenho verdadeira paz e que compartilho consigo o que há muito desejo. Reflexo de dias de aprendizagem consumada – cansativos, lastimáveis, mas nunca inválidos. 
            Portanto, o que me resta dizer nesse ambiente de vespertinidade é: “Sirvam-se! Temos um universo inteiro para degustar. A alma irá absorver tudo e teremos mais fome. Só não me incomodem muito porque quero agora me dedicar à beleza dessa tarde e contemplar o horizonte além desse Lago.”  

Abson.
 
***********************
Fiz às 13h22
de 22/07/11.

Tava na hora de voltar...

Bem, em primeiro lugar, gostaria de explicar que simplesmente voltei!
Precisava descansar um pouco o espírito, agora voltei com meus projetos musicais - pretendendo voltar para o cenário alternativo de MPB em Recife - estudando o que mais amo na vida, conciliado à música - logicamente, Letras, e aqui, com vocês!

Espero que curtam o blog e discutam, reflitam, desdobrem, façam o que puderem com o que der para ser aproveitado. Não me importo com números, 'independo' de quantidade, mas se quem passar por essa página conseguir guardar alguma palavra que lhe auxilie, estimule ou paradoxalmente 'nada' - contanto que sinta algo, já me darei por satisfeito.

Abraço a todos!



Abson.